segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

No caso, quem dançou foi a gente !!!







X








Se você se acha descontrolada, instável, emocionalmente frágil, indecisa e confusa assista ao mais novo filme do diretor francês Chistophe Honorè "Não, minha filha, você não irá dançar"...

Esse longa só serve para mostrar o quanto somos normais, lindas, educadas, decididas, independentes e confiantes, mesmo nos mais tenebrosos momentos de TPM...

Diante de Lena, a maioria das mulheres se torna uma verdadeira HeLena de Manoel Carlos. Uma verdadeira Diva... (se bem que a Taís Araújo não parece ter sido uma escolha muito acertada...).

Assim, apesar do filme ser parado e pouco profundo no seu drama psicológico, nós até que saímos com uma pontinha de sorriso nos lábios... ....será que o sádico diretor queria mesmo mostrar que somos melhores que Lena, usando do habitual "sarcasmo humano" e a famosa paixão da nossa espécie que advém da tragédia alheia???

Enfim, se você tiver paciência, assista...
Mas se for como a maioria das pessoas, escolha outra coisa mais interessante para fazer, senão quem vai DANÇAR é você!!!

2 comentários:

Jorge H Moraes disse...

Isso significa ladies, que o filme é chato como uma novela do Manuel Carlos, que a maioria acompanha, claro, ou é chato por ser frances?
Filme frances é chato, não tem jeito.
Longa vida!

Jussara disse...

Discordo do comentário sobre filme francês. Tem filmes franceses que são muito bons, bem executados, com bons atores. Não são o "entertainement" americano, claro. São mais "modestos" em sua ambição de contar estórias comuns, às vezes dramáticas, outras com senso de humor um tanto peculiar...mas são bons. Agora, concordo com as comentadoras deste blog: o filme é de dar raiva. Mas se a protagonista (que é a cara do pai, diga-se de passagem! O excelente Mastroiani...) nos deixa indignados com a sua neurose, certamente é porque o filme foi eficiente. Não sei se o diretor e o roteirista queriam causar incômodo, mas pelo título do filme e pela eficiência dos atores, penso que sim. E conseguiram! Dá vontade de estrangulála...rsrs